Poema dedicado aos emigrantes.

 Poema

 

 

Ei-los Que Partem


Manuel Freire

Composição: Manuel Freire

 

Ei-los que partem 
novos e velhos 
buscando a sorte 
noutras paragens 
noutras aragens 
entre outros povos 
ei-los que partem 
velhos e novos

 

Ei-los que partem 
de olhos molhados 
coração triste 
e a saca às costas 
esperança em riste 
sonhos dourados 
ei-los que partem 
de olhos molhados

 

Virão um dia 
ricos ou não 
contando histórias 
de lá de longe 
onde o suor 
se fez em pão 
virão um dia 
ou não.

 

publicado por ginger às 05:16 | comentar | favorito